quarta-feira, 30 de julho de 2008

Não posso deixar passar em branco

Nas duas últimas semanas, tava foda. Trampo até as tampas! E aí não consegui postar quase nada, levei até intimada pra atualização. E olha que tem muita atualização, mas algumas cenas dessas duas semanas eu pesquei em notícias e não dá pra deixá-las passar assim em branco.

A primeira é do site do time Al-Sadd. Lá eles noticiam que vão contratar o ‘Limao’, ao invés do Leão. Isso aí tinha que ser encarado como um sinal de que o caríssimo técnico vai conseguir azedar mais um time.


Falando em azedar, o arredondado Ronaldo deveria admitir logo de uma vez que sua carreira não só azedou, ela já foi pro vinagre mesmo. Olhando essa foto eu até acho que to bem, viu?! Eu ainda continuo acreditando na teoria que quem morreu foi o Ronaldo e quem tá aí é o Bussunda. Ou pode até ser mesmo que o Ronaldo esteja grávido de Andréa Albertini. Na semana passada, nasceu a filha de um transexual. Será que há algo que ainda não sabemos do passado de Ronaldo? Mistério!

Ah... mas o mundo não é só essa feiúra apresentada pelo redondo. Conhecemos nesse período a nova Miss Universo. E é ela é simplesmente espetacular. Aliás, ano passado a venezuelana que tinha chegado à final era mais gata que a Miss Tupiniquim. E não é que a terra do reizinho Chávez conseguiu mais uma linda representante. Extasiante a beleza dela, tem umas outras fotos dela, que não vou postar aqui, que é realmente demais! Mas a dona Miss parece que vai querer revolucionar a indústria de ‘brinquedos pra adultos’. Essa foto ficou realmente muito zoada. É quase da série “separados no nascimento.

Por fim, e pra fechar com beleza também, veja só que mundo injusto. Quer dizer que modelos fazem fila pra ser gandula de tênis. E veja só que são belas modelos! E aí, como é que ficamos nós que adoramos futebol? Temos que nos contentar com as candangas cheerleaders que às vezes pintam no Pacaembu? Mundo injusto, não?!

segunda-feira, 28 de julho de 2008

...

domingo, 27 de julho de 2008

Minha pós-utopia em Caraguá

Peço perdão ao plágio dos textos, perdão por pegá-los assim tão na cara dura. Mas faz-se necessário neste caso, ou melhor, neste momento! Vocês me perdoam? =)

Das vantagens de ser bobo
Clarice Lispector

O bobo, por não se ocupar com ambições, tem tempo para ver, ouvir e tocar o mundo. O bobo é capaz de ficar sentado quase sem se mexer por duas horas. Se perguntado por que não faz alguma coisa, responde: "Estou fazendo. Estou pensando."

Ser bobo, às vezes, oferece um mundo de saída porque os espertos só se lembram de sair por meio da esperteza, e o bobo tem originalidade, espontaneamente lhe vem a idéia.

O bobo tem oportunidade de ver coisas que os espertos não vêem. Os espertos estão sempre tão atentos às espertezas alheias que se descontraem diante dos bobos, e estes os vêem como simples pessoas humanas. O bobo ganha utilidade e sabedoria para viver. O bobo nunca parece ter tido vez. No entanto, muitas vezes, o bobo é um Dostoiévski.

Há desvantagem, obviamente. Uma boba, por exemplo, confiou na palavra de um desconhecido para a compra de um ar refrigerado de segunda mão: ele disse que o aparelho era novo, praticamente sem uso porque se mudara para a Gávea onde é fresco. Vai a boba e compra o aparelho sem vê-lo sequer. Resultado: não funciona. Chamado um técnico, a opinião deste era de que o aparelho estava tão estragado que o conserto seria caríssimo: mais valia comprar outro. Mas, em contrapartida, a vantagem de ser bobo é ter boa-fé, não desconfiar, e portanto estar tranqüilo. Enquanto o esperto não dorme à noite com medo de ser ludibriado. O esperto vence com úlcera no estômago. O bobo não percebe que venceu.

Aviso: não confundir bobos com burros. Desvantagem: pode receber uma punhalada de quem menos espera. É uma das tristezas que o bobo não prevê. César terminou dizendo a célebre frase: "Até tu, Brutus?"

Bobo não reclama. Em compensação, como exclama!

Os bobos, com todas as suas palhaçadas, devem estar todos no céu. Se Cristo tivesse sido esperto não teria morrido na cruz.

O bobo é sempre tão simpático que há espertos que se fazem passar por bobos. Ser bobo é uma criatividade e, como toda criação, é difícil. Por isso é que os espertos não conseguem passar por bobos. Os espertos ganham dos outros. Em compensação os bobos ganham a vida. Bem-aventurados os bobos porque sabem sem que ninguém desconfie. Aliás, não se importam que saibam que eles sabem.

Há lugares que facilitam mais as pessoas serem bobas (não confundir bobo com burro, com tolo, com fútil). Minas Gerais, por exemplo, facilita ser bobo. Ah, quantos perdem por não nascer em Minas!

Bobo é Chagall, que põe vaca no espaço, voando por cima das casas. É quase impossível evitar o excesso de amor que o bobo provoca. É que só o bobo é capaz de excesso de amor. E só o amor faz o bobo.


Despedida
Mia Couto

Aves marinhas soltaram-se dos teus dedos
Quando anunciaste a despedida
E eu que habitara lugares secretos
E me embriagara com teus gestos
Recolhi as palavras vagabundas
Como a tempestade que engole os barcos
Porque ama os pescadores
Impossível separarmo-nos
Agora que gravaste o teu sabor
Sobre o súbito
O infinito parto do tempo

Por isso te toco
No grão e na erva
E na poeira da luz clara
A minha mão
Reconhece a tua face de sal

E quando o mundo suspira
Exausto
E desfila entre mercados e ruas
Eu escuto sempre a voz que é tua
E que dos teus lábios se desprende e se recolhe

Ali onde se embriagam
Os corpos dos amantes
O teu ventre aceitou a gota inicial
E um novo habitante
Enroscou-se no segredo da tua carne

Nesse lugar
Encostamos nossos lábios
À funda circulação do sangue
Porque me amavas
Eu acreditava ser todos os homens
Comandar o sentido das coisas
Afogar poentes
Despertar séculos à frente
E desenterrar o céu
Para com ele cobrir
Os teus seios de neve.


terça-feira, 22 de julho de 2008

90

Grande avô, pai, amigo, mestre, líder. Coração do tamanho do mundo. Tem tiradas inocentes, piadas inocentes, que conseguem arrancar sorrisos largos. Quando ele fala para aconselhar, ouvir não é apenas questão de respeito, mas de inteligência, a calma e a clareza com que ele fala é incrível. E como é bom ouvir suas histórias – e que belo contador de histórias –, as de Paracambi quando era menino, das noites que farreou, noites em que ia comemorar o título da torcida adversária (ele teve as manhas de ir ao estádio torcer pro Vasco, o Vasco perde pro Flamengo e ele foi beber o título do Flamengo lá na Gávea), das coisas que ele fez quando trabalhava, do importante mecânico de calculadoras que foi (sim, calculadoras já tiveram engrenagens e molas e mais um monte de trecos mecânicos). Jovem mecânico que deixou de ir aos EUA no tempo de guerra por amor, porque preferiu casar. As histórias que mais gosto são das aventuras dele em seu serviço, mas não tem como não ser a mais bonita a história de como ele conheceu dona Madá... e essa é uma linda história, que começou lá no final da década de 30, começo da de 40 e parece que não terá fim. Eu fico admirado em ver como meu avô respeita e conserva a memória de minha avó.

Ele é do tipo que todo mundo tem que conhecer antes de morrer.

Professor que me ensinou a arte de viver pelo outro, só tenho a agradecer por Deus ter te colocado em minha vida. Parabéns, seu avô! 90 anos mais que muito bem vividos. E pelo visto, nada de 90 do segundo tempo, parece que teremos mesmo é prorrogação! =)


Abaixo a música que ele dedicou à dona Madá!



Eu disse que não postaria nada antes de quarta, mas esse tinha que ser postado com urgência! Aliás, era pra ontem! hahahahaha

quarta-feira, 9 de julho de 2008

De Corfu*



Ah Muleque! A jornada européia começou muito bem. Na ilha de Corfu, Grécia (lugar feinho, né? quem puder depois dá uma procurada no Google Imagens, essa foi a primeira que apareceu, mas só tem lugar bonito lá), o Netão já faturou um título.

Vai pra cima, Muleque! Parabéns!

* O nome correto da ilha grega é Corfu

2 de julho de 2008

Uma quarta-feira normal, um aniversário pra ir, mas sem grandes pretensões. Mas a noite de 2 de julho de 2008 reserva alguns segredos que seriam revelados. Janaina é nome dela. Uma moça bonita, simpática, sendo assim, era impossível logo de cara saber que ela era irmã do Bira. Logo o assunto passou a ser esse cara 'genial' (biristicamente falando) e a moça logo de forma consternada e emocionada começou a falar dos maus tratos que dava a seu irmão mais velho.

Janaina conta que forçou a barra para que seu irmão virasse sãopaulino. Ameaçava a criança Bira de proibi-lo de brincar com as barbies, caso ele não torcesse pro time do Vale dos Cervídeos. O garoto Bira, que já demonstrava gosto pela arte dos grandes cabeleireiros, cedeu pela primeira vez, pois praticava cortes nas bonecas da irmã, o que lhe rendeu no futuro um trabalho no Jacques Janine.

Abaixo, veja o vídeo onde Janaina, a irmã do Bira, faz essas declarações de forma emocionada. A besta da voz que está mais clara no vídeo diz que este já estaria no YouTube no dia 3, mas, devido aos problemas técnicos apresentados pela nossa querida Telefônica, não foi possível postar antes. Será que o Bira tem algo a ver com esse incidente? Mas tá aí, mais um trabalho jornalístico sério, isento e imparcial!

terça-feira, 8 de julho de 2008

Não sou fã do sensacionalismo. Acho que, da vida de cada um, cada um que cuide. A não ser que seja alopração com os amigos (veja o post acima). Não gosto muito daqueles especiais que falam sobre artistas, atletas, outros tipos de personalidades... Mas tem casos que abro exceção. A história do Narciso (ex-jogador do Santos) é realmente muito legal. O cara tinha menos de 50% de chances de sobreviver, mas batalhou com a certeza de quem iria superar. O Santos deu todo apoio ao jogador, prorrogou seu contrato e quase que ele voltou a jogar. Acho que foi uma das únicas coisas admiráveis que essa diretoria fez. Agora ele tá aí com a mulecada da base! Espero que ele se dê muito bem e que os jogadores do elenco profissional do Santos se inspirem na história dele.

Boa, Narciso!

domingo, 6 de julho de 2008

Nem a AD explica - Capítulo II: A saga das (a)versões tupiniquins



Se liguem no estilo Mario Bros. do tiozinho!



Versão espanhola...

E no Brasil..........



Abaixo o clipe original da versão tupiniquim comentado no programa 'Os piores cilpes do mundo', muito bom!

quarta-feira, 2 de julho de 2008

Vai pra cima, Muleque!



Ele é mais inteligente que eu, mais esperto, devo confessar que é mais bonito também. Só que é mais preguiçoso também... hahahaha...

O muleque é foda mesmo e agora vai pra Europa mostrar pra gringaiada como é que se joga bola! Nem ele (nem eu) tá imaginando que isso vai render um contrato milionário pra ele, até porque os campeonatos que ele jogará não têm essa finalidade. Mas será uma oportunidade única de ir pra Europa, com 15 anos, com um monte de amigos. É pra se divertir mesmo e amadurecer também!

Vai com Deus, meu irmão! Arrebenta! E se cuida com as européias! hohohoho...

Nota: uns vão, outras pessoas voltam... e num mesmo porto! Esse é o legal da vida!